Diferente do calendário do futebol brasileiro, que vai de fevereiro a dezembro, no Chile as férias dos jogadores acontece no meio do ano, como na Europa. E isso pode ser determinante no duelo entre Botafogo e Colo Colo, pela primeira fase preliminar da Copa Libertadores.

O duelo de ida, no Rio, será já no dia 1.º de fevereiro, no segundo duelo do Botafogo na temporada. O Colo Colo não atua desde o dia 12 de dezembro, mas os jogadores não tiveram férias, mantendo o ritmo para a sequência do Campeonato Chileno e o início da Libertadores.

Por isso, uma das metas da pré-temporada alvinegra é correr contra o tempo para tentar alcançar o ritmo do rival. “Eles estão um pouco na frente por essa questão física. Mas dentro de campo vamos procurar nos superar para fazer um grande jogo e alcançar a classificação”, avalia o atacante Rodrigo Pimpão.

Ele exaltou a importância da pré-temporada no calendário brasileiro. “Lá fora é totalmente diferente. Então começar o ano com os trabalhos adequados e específicos é fundamental. O corpo responde bem, o que nos deixa melhor condicionado para o suportarmos o desgaste dos jogos do ano inteiro.”