O Campeonato Brasileiro tem um novo líder, pelo menos até os jogos de domingo. Neste sábado à noite, o Botafogo foi até Campinas, teve uma atuação convincente, e venceu a Ponte Preta por 2 a 0, assumindo o primeiro lugar da competição. O time paulista, por sua vez, caiu para a zona de rebaixamento, com apenas três pontos, no 17º lugar.

O cariocas, que vinham de inesperada derrota para o Bahia, se recuperaram no Brasileirão com estilo, assumindo a liderança, com 10 pontos. Mas Coritiba (oito pontos), São Paulo, Vitória e Grêmio (sete), além do Fluminense (seis, com dois jogos a menos), podem passá-lo até a pausa para a Copa das Confederações.

O primeiro tempo no Moisés Lucarelli totalmente dominado pelo Botafogo, tanto que o placar de 2 a 0 acabou sendo justo. Dominando a posse de bola e controlando a partida, o time carioca abriu o placar aos 31 minutos. Depois de uma grande jogada entre Fellype Gabriel e Rafael Marques, a bola sobrou para Seedorf, que bateu com categoria.

Cinco minutos depois, Bolívar desviou cobrança de escanteio e Antônio Carlos apareceu para completar na segunda trave. A Ponte estava totalmente perdida em campo e praticamente não ofereceu nenhum perigo ao goleiro Renan.

Na etapa final, a Ponte voltou com uma formação bastante ofensiva, com quatro atacantes e apenas Chiquinho armando, mas poucos lances eram criados. Aos 12, Everton Santos recebeu na cara de Renan e conseguiu bater para fora. Tranquilo, o Botafogo não mostrava a mesma vontade do primeiro tempo e ficava tocando a bola, esperando apenas um contra-ataque para matar o jogo. O time carioca ainda quase marcou o terceiro com Vitinho, mas a bola explodiu no travessão de Roberto, que já havia salvado momentos antes.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 0 X 2 BOTAFOGO

PONTE PRETA – Roberto; Cicinho, Cléber, Ferron e Rodrigo Biro; Baraka, Fernando (Alemão), Roger Gaúcho (Everton Santos) e Chiquinho (Rafinha); Rildo e William. Técnico – Zé Sérgio (interino).

BOTAFOGO – Renan; Lucas, Antônio Carlos (André Bahia), Bolívar e Julio César; Renato, Gabriel, Fellype Gabriel (Lucas Zen), Seedorf e Vitinho (Lima); Rafael Marques. Técnico – Oswaldo de Oliveira.

GOLS – Seedorf aos 31 e Antônio Carlos aos 36 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Claudio Francisco Lima e Silva (SE)

CARTÕES AMARELOS – Fernando, Rodrigo Biro, Ferron e Cicinho (Ponte Preta); Vitinho, Gabriel e Renan (Botafogo)

PÚBLICO – 3.473 pagantes

RENDA – R$ 33.764,00

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).