O boxeador sul-coreano Choi Yoi-sam, de 33 anos, teve decretada a sua morte cerebral, segundo informou o porta-voz do Asan Medical Center de Seul, Ko Seung-kwan.

Choi perdeu a consciência após vencer luta pelo título do peso mosca da Organização Mundial de Boxe contra o desafiante Heri Amol, da Indonésia, e entrou em coma, no dia 25 de dezembro.

O sul-coreano foi derrubado com um forte golpe no 12º e último assalto da disputa, mas ainda assim venceu a luta por pontos. Ao ser declarado vencedor do confronto, desmaiou, foi internado e não resistiu. Seus órgãos internos serão doados para transplantes.