A seleção brasileira feminina de basquete estreou bem na Copa América de Xalapa, no México. Neste sábado, a equipe não teve nenhuma dificuldade para atropelar o frágil time de Porto Rico por 91 a 54 e largar com o pé direito na competição que dá três vagas para o Mundial da Turquia do ano que vem.

Mesmo sem contar com sua principal jogadora, a pivô Érika, que pediu dispensa para defender o Atlanta Dream nos playoffs da WNBA, o Brasil mostrou porque é considerado o principal favorito do torneio, soube se aproveitar da deficiência técnica do adversário e venceu sem dificuldade.

Porto Rico só ofereceu resistência ao time brasileiro no primeiro quarto, quando chegou a liderar. Mas logo a diferença de qualidade entre as equipes ficou evidente, o Brasil conseguiu a virada e arrancou. Ao fim do primeiro tempo, a vantagem era de 23 pontos: 52 a 39. Nos últimos dois quartos, a facilidade foi a mesma e o técnico Luiz Augusto Zanon aproveitou os últimos minutos para poupar algumas jogadoras.

A equipe brasileira volta à quadra já neste domingo para enfrentar a República Dominicana. Depois de folgar na segunda, a seleção atuará novamente na terça, quando pega a Argentina, e encerra sua participação nesta primeira fase na quarta, diante do México.