O vôlei de praia brasileiro fechou com chave de ouro a temporada de 2015 do Circuito Mundial. Neste domingo, Larissa e Talita venceram as alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst por 2 sets a 0 (21/17 e 21/18) e se sagraram campeãs do World Tour Finals – competição que reuniu as principais duplas do mundo -, em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. O mesmo fez Alison e Bruno Schmidt na chave masculina ao baterem os norte-americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena por 2 a 0 (21/13 e 21/15).

A festa brasileira nas areias da Flórida foi completa com a medalha de bronze conquistada por Ágatha e Bárbara Seixas, que venceram Heather Bansley e Sarah Pavan, do Canadá, por 2 sets a 1 (22/20, 14/21 e 15/10), e com o mesmo feito de Pedro Solberg e Evandro, que em grande atuação superaram os holandeses Alexander Brouwer e Robert Meeuwsen por 2 a 0 (21/19 e 21/14), na disputa pelo terceiro lugar entre os homens.

O título de Larissa e Talita coroa o brilhante momento vivido pela dupla, que alcança a sétima conquista internacional neste ano. Na carreira, a parceria chega a 11 títulos internacionais, em 16 torneios disputados. “Foi um jogão. O dia foi da Talita, ela jogou demais. Foi um torneio superbacana, foi realmente um desafio, pois a competição reuniu os melhores times do mundo”, comemorou Larissa após a partida.

Já Alison e Bruno Schmidt conquistaram o sexto título internacional em 2015, que, além do Campeonato Mundial, da Holanda, também venceram o Major Series de Gstaad (Suíça) e os Grand Slams de Yokohama (Japão), Long Beach (Estados Unidos) e Olsztyn (Polônia). Com o resultado, o capixaba alcança a sua 18.ª medalha de ouro na carreira, enquanto que o brasiliense conquista o ouro pela nona vez no circuito.

“O evento realmente foi muito bacana, os 10 melhores times da temporada estavam aqui e isso realmente mostrou quem foi o mais regular e competitivo. E você sair vitorioso numa competição com tamanho nível técnico representa muita coisa. Estou muito feliz e principalmente por ter conseguido executar nossa tática”, comemorou Bruno Schmidt.

“O legal é que conseguimos executar exatamente o que planejamos, e conseguimos nos manter mentalmente fortes o tempo todo. Na chave eles fizeram um jogo muito bom contra a gente, quando eles acabaram levando a melhor, mas estávamos preparados e o resultado veio”, finalizou Bruno Schmidt.

A etapa, que fez neste ano a sua estreia no calendário, segue o modelo do ATP Finals, do circuito masculino de tênis. Disputam a competição somente as oito melhores duplas da temporada. No caso do World Tour Finals, entram ainda mais duas duplas de cada naipe por convite.

O World Tour Finals vai encerrar a temporada de 2015 do Circuito Mundial, embora o calendário deste ano ainda preveja outras três competições a serem disputadas. As etapas de Puerto Vallarta (México), Antalya (Turquia), e Doha (Catar), todas no formato Open, já serão válidas para a temporada de 2016.