O Brasil terá a chance de descontar toda sua revolta sobre as chinesas nas quartas-de-final do Campeonato Mundial Feminino de Vôlei. O time comandado por Marco Aurélio Motta, que derrotou a seleção da Holanda por 3 sets a 1 (25/17, 17/25, 26/24 e 25/14), vai enfrentar China, equipe que está “engasgada” por causa das polêmicas derrotas que sofreu na competição, as quais proporcionaram a possibilidade de enfrentar adversários teoricamente mais fracos.

O sentimento das brasileiras pode ser sentido após a convincente vitória sobre a Holanda. “Sem dúvida foi uma das nossas melhores partidas. Por tudo o que aconteceu desde o início do campeonato, com aquela armação da China”, desabafou a líbero Fabi. A jogadora fez referência sem saber que, depois da derrota da China para a Grécia, com time reserva, na fase de classificação – resultado que colocou o Brasil em uma chave mais difícil na segunda fase – a equipe manipularia novamente o resultado ontem, poupando duas de suas principais jogadoras, Zhão Ruirui e Feng Kun, na derrota para a Coréia do Sul por 3 sets a 0 (25/22, 25/21 e 25/23).

Assim como aconteceu contra a Alemanha, o Brasil entrou em quadra sabendo que não poderia falhar, desta vez contra Holanda, ou voltaria para casa mais cedo. A vitória no primeiro set por 25 a 17 deu a impressão que as brasileiras não teriam dificuldades. Engano. No segundo, as brasileiras tiveram dificuldades para segurar o saque da atacante Blom e os bloqueios das holandesas e perderam.

“Começamos bem, mas cometemos muitos erros no segundo set”, avaliou Marco Aurélio Motta. “O terceiro set foi nervoso para os dois times, mas a vitória deu tranqüilidade para as nosas jogadoras no quarto set.”.

De fato, depois de impedir a virada holandesa e ganhar or 26 a 24, o Brasil venceu o quarto sete pelo placar mais dilatado: 25 a 17. “Sabíamos que esta era a partida da classificação. A vitória foi importante para trazer de volta a auto-estima da nossa equipe”, afirmou Karin, capitã do time brasileiro.

A partida contra a China será nesta quarta-feira.