Teixeira e Leoz aprovaram
a “inédita” proposta.

A Colômbia mais uma vez será adversária de estréia do Brasil nas eliminatórias. Assim como ocorreu na fase preliminar do mundial de 2002,

a seleção brasileira terá de jogar como visitante, no início de sua caminhada para a Copa de 2006. O jogo, provavelmente em Bogotá, será no dia 6 ou 7

de setembro.

A fórmula de disputa para apontar os quatro representantes da região foi definida em reunião de mais de três horas, ontem, na Bolívia, entre dirigentes dos dez países que compõem a Confederação Sul-Americana de Futebol.

Os cartolas ratificaram o sistema de todos contra todos, em turno e returno. Os quatro primeiros colocados vão à Alemanha.

Depois de muita discussão, chegou-se à proposta nada original de repetir a rodada inaugural das eliminatórias anteriores. Assim, jogam também Peru x Paraguai

(2 a 0, para a Copa de 2002), Equador x Venezuela (2 a 0), Uruguai x Bolívia (1 a 0) e Argentina x Chile (4 a 1).

O Brasil estreou com empate de 0 a 0, na época sob a direção do técnico Vanderlei Luxemburgo.