Após excelente temporada em 2001, a seleção brasileira masculina é apontada como favorita para a Liga Mundial, primeira competição da Federação Internacional de Vôlei (FIVB) de 2002 – ano passado, o Brasil conquistou o Sul-Americano, classificatório para o Mundial, competição amistosa na Itália, Copa América, além da Liga Mundial.

O único título que escapou foi o da Copa dos Campeões, em que foi vice. A equipe de Bernardo Rezende, o Bernardinho, que esse ano venceu um torneio amistoso na Itália, em junho, estréia nesta sexta-feira na Liga Mundial, às 15h30, contra a Argentina, em Brasília. Sábado enfrenta o mesmo adversário, às 10h. TV Globo e SporTV mostram as partidas ao vivo. Também pelo Grupo A jogam Portugal e Polônia, sábado e domingo, em Guimarães (Portugal).

  As apostas na seleção brasileira começam pela FIVB, que estampou na capa da revista oficial do torneio foto de Giba comemorando ponto. O Brasil já está classificado para a fase decisiva porque será sede dos confrontos finais de 12 a 18 de agosto, em Recife e Belo Horizonte. ?Depois dos resultados de 2001, o respeito e a vontade de nos vencer aumentou na mesma proporção?, comenta o meio-de-rede Gustavo, que também fez excelente temporada de clubes.

  Para o técnico Bernardinho, quatro equipes são favoritas na Liga Mundial. Além do Brasil, destaca Iugoslávia (e o atacante Iakovlev), Rússia e Itália. ?Cuba (com time renovado devido à deserção de atletas), Argentina e Holanda vão correr por fora.