A seleção brasileira faz hoje, às 21h30 de Brasília, seu último amistoso antes da estréia nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Será contra o México, responsável pela única derrota do Brasil na Copa América, por 2 a 0, na primeira fase.

Dunga não revelou quem joga e não distribuiu coletes no treino. Como o gramado anexo ao Gillette Stadium, em Foxboro, estava pesado por causa da chuva, foi realizado apenas um "rachão". O técnico, no entanto, afirmou que talvez poupasse alguns jogadores que atuaram na vitória sobre os Estados Unidos. "Muitos estão sobrecarregados por causa das atividades de pré-temporada e o mais importante será contar com todos na estréia das Eliminatórias.

Até agora, na nova "Era Dunga", o Brasil fez 19 jogos, com 13 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. A estréia nas Eliminatórias está marcada para o dia 14 de outubro, contra a Colômbia, fora de casa. Três dias depois, o adversário será o Equador, no Brasil.

O técnico do México, Hugo Sanchez, diz que é amigo de Dunga. "Mas não seria ruim ganhar do meu amigo duas vezes." Sanchez contou que se aproximou de Dunga nos últimos anos por causa de atividades comuns. "Nós dois somos embaixadores para a infância da Fifa, então costumamos nos encontrar em eventos, assim como também em reuniões da comissão de futebol da Fifa", conta o técnico, que também não anunciou o time que começa jogando.

BRASIL x MÉXICO

Brasil: Doni (Júlio César); Maicon, Edu Dracena (Juan), Lúcio e Gilberto; Gilberto Silva, Mineiro, Kaká e Ronaldinho Gaúcho; Robinho e Afonso. Técnico: Dunga

México: Ochoa; Magallón, Rafa Marquez, Salcido e Correa; Torrado Castro (Pinto), Francisco Arce (Giovani dos Santos) e Guardado; Castro e Castillo. Técnico: Hugo Sanchez

Árbitro: Boldomero Toledo (EUA)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Estádio: Foxboro Gillette, em Boston (EUA)