Como era de se esperar, a Bolívia não ofereceu resistência à seleção brasileira, ontem, na segunda rodada da primeira fase do Campeonato Sul-Americano Sub-20, disputado no Uruguai. O Brasil não teve dificuldades e goleou o adversário por 7 a 0, no Estádio Centenário de Montevidéu.

Com a vitória de três a zero sobre o Peru, na estréia, o técnico Valinhos repetiu a escalação para a partida de ontem. O time foi o mesmo, mas o esforço foi muito menor. Já no começo do jogo, dois gols brasileiros. O primeiro com o meia Carlos Alberto, aos 8? abrindo o placar com um chute rasteiro, aproveitando a sobra de uma tentativa de Dagoberto. E o segundo com Felipe Melo, que recebeu na área e arrematou no canto direito, aos 11?. Os bolivianos não se arriscavam no ataque, e pior, deixavam brechas na defesa. Os brasileiros não desperdiçaram.

Felipe Melo marcou o terceiro aos 19?, cabeceando para as redes, depois de um cruzamento de Dagoberto. E o goleiro boliviano não teve descanso. Três minutos depois, o atacante teve a sua chance. Dagoberto cobrou pênalti e ampliou o placar. A Bolívia criou apenas uma chance de gol durante a primeira etapa, com Mojica chutando de fora da área.

No segundo tempo, o Brasil diminuiu o ritmo, perdendo algumas chances de aumentar o placar. Mesmo com a queda no rendimento dos jogadores brasileiros, os bolivianos não conseguiam se arrumar e partir para o ataque.

A única jogada de perigo da Bolívia surgiu com uma bola na trave, em um chute de Alcides. Mas foi só a defesa boliviana vacilar, para sair o quinto. Dagoberto recebeu, tirou dois zagueiros, e chutou para a rede. Logo depois, Dudu completou um chute rasteiro de Dagoberto, marcando o sexto gol. Para finalizar, Willian aproveitou rebote do goleiro, fechando a goleada. Os próximos jogos da seleção serão contra Uruguai e Equador, respectivamente.