Para preservar a candidatura do Rio às Olimpíadas de 2012, o governo brasileiro anunciou ontem que irá pagar a sua cota à Agência Mundial Antidoping (Wada), mesmo discordando do valor que está sendo cobrado: US$ 121.177.

Até quarta-feira, o Brasil deverá efetuar o pagamento à Wada. A medida foi tomada para evitar que a candidatura do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2012 fosse prejudicada.

“Até a próxima quarta-feira, o governo brasileiro vai pagar toda a quantia, eliminando qualquer possibilidade de problema para a nossa candidatura”, afirmou o ministro Agnelo Queiroz.

O ministro informou que os recursos necessários estão previstos no orçamento da pasta e explicou as razões pelas quais o pagamento não foi feito antes. “Uma é que o prazo só vence no dia 31 de dezembro. A outra é que o Ministério do Esporte discorda do valor definido pela Wada.”

Para o ministro, a Wada definiu valores muito altos para o Brasil e outros países das Américas, como ficou registrado no último encontro de ministros do Esporte do continente, realizado no dia 20 de novembro, no Canadá (o Brasil não esteve presente).