Camila Gomes não conseguiu repetir, na final, as apresentações que lhe deixaram no segundo lugar da fase de classificação e terminou no sexto lugar a competição de ginástica de trampolim dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. No masculino, Carlos Ramirez Pala foi apenas o oitavo e último colocado.

A prova feminina foi de altíssimo nível. O ouro foi para a canadense Rosanne MacLennan, atual campeã olímpica e campeã mundial de 2013. Karen Cockburn, também canadense, foi quarta colocada em Londres-2012 e terminou com o bronze no Pan. Entre elas, a mexicana Dafne Navarro Loza.

Camila, que treina por conta própria nos Estados Unidos, acabou atrás também das duas atletas norte-americanas na prova. A brasileira somou 49,990 pontos, contra 51,560 da medalhista de bronze. No Campeonato Pan-Americano do ano passado, ela fora a terceira colocada, com 51,335.

Na prova masculina, Carlos Ramirez Pala cometeu falha de execução e terminou na oitava e última posição, repetindo o resultado da fase de classificação – todos os oito atletas inscritos avançaram para a final.

Camila pelo menos teve motivos para comemorar. Ela namora o norte-americano Steven Gluckstein, que ganhou a medalha de prata. O ouro foi para Keegan Soehen, do Canadá, e o bronze para Angel Hernandez, da Colômbia.

Caso não obtenha classificação pelos critérios usuais (o que é improvável), o Brasil tem direito a uma única vaga na ginástica de trampolim dos Jogos Olímpicos. Irá ao Rio o brasileiro melhor classificado no evento-teste, seja no masculino ou no feminino. Assim, Camila e Carlos são, na prática, rivais.