Sem o título do Grand Prix, o Brasil também ficou sem o prêmio de melhor jogadora da competição, que acabou com a oposto norte-americana Denise Hooker, destaque do time campeão com uma vitória por 3 a 0 sobre as brasileiras, neste domingo, em Macau. Outros três prêmios individuais, porém, acabaram com as vice-campeãs.

Dani Lins foi eleita a melhor levantadora, Thaisa recebeu o prêmio de melhor saque e Fernanda Garay o de melhor recepção.

Fernanda Garay, que disputou o Grand Prix pela primeira vez, o prêmio individual não esconde a frustração pela derrota na decisão. “É difícil comentar esse prêmio depois de um jogo como esse. Nunca deixamos de acreditar na vitória, mas as americanas foram melhores. Ainda temos muito o que trabalhar. O prêmio é um reconhecimento, mas queria mesmo o título”, disse a ponteira.

Melhor levantadora, Dani Lins não se contenta só com o prêmio individual. “Nós vamos treinar ainda mais para evoluirmos. Claro que o prêmio me deixa alegre, mas ainda preciso melhorar em muitos aspectos. Esse é um ano importante. Vamos buscar a classificação para as Olimpíadas na Copa do Mundo. Esse é um dos nossos objetivos”, finalizou a levantadora.

A Copa do Mundo acontecerá no Japão entre os dias 4 e 18 de novembro. Os três primeiros colocados vão aos Jogos Olímpicos de Londres, no ano que vem.