O Brasil encerrou a sua participação no Mundial de Atletismo, em Daegu, na Coreia do Sul, com uma oitava colocação na final da prova feminina do revezamento 4×100 metros, realizada neste domingo. O quarteto formado por Ana Claudia Lemos, Vanda Gomes, Franciela Krasucki e Rosângela Santos completou a prova, marcada pela intensa disputa entre norte-americanas e jamaicanas, com o tempo de 43s10.

A disputa foi vencida pelos Estados Unidos, com a equipe formada por Bianca Knight, Allyson Felix, Marshevet Myers e Carmelita Jeter, com 41s56. As norte-americanas superaram as jamaicanas Shelly-Ann Fraser-Pryce, Kerron Stewart, Sherone Simpson e Veronica Campbell-Brown, que faturaram a medalha de prata, com 41s70.

O pódio do revezamento 4×100 metros feminino foi completado pela Ucrânia, que competiu com Olesya Povh, Nataliya Pohrebnyak, Mariya Ryemyen e Hrystyna Stuy, e completou a prova em 42s51.

Para se garantir na final, o revezamento brasileiro registrou o tempo de 42s92 e bateu o recorde sul-americano, que vigorava desde julho de 2004. “Saio feliz com o nosso desempenho, podemos melhora muito individualmente e na equipe, competir em alto nível. A equipe é nova, com atletas de até 22 anos e acho que serviu como experiência”, disse Ana Cláudia, em entrevista ao SporTV.

Já a equipe masculina brasileira foi desclassificada nas semifinais da prova do revezamento 4×100 metros. A eliminação aconteceu por conta de um erro na passagem de bastão de Nílson André para Bruno Lins, que ultrapassou a área de limite de troca. Diego Cavalcanti abriu a prova, passando o bastão depois para Sandro Viana.

O Brasil entrou com recurso na Federação Internacional das Associações de Atletismo (Iaaf, na sigla em inglês), alegando que Nílson André foi atrapalhado por um atleta português. A Iaaf, porém, manteve a eliminação da equipe brasileira.

Com os resultados deste domingo, o Brasil encerrou a sua participação no Mundial de Daegu com apenas uma medalha, o inédito ouro conquistado por Fabiana Murer na disputa do salto com vara, na última terça-feira.