As brasileira Isabel Swan e Martine Grael, filha de Torben Grael, começaram bem o segundo dia de disputa do Mundial da classe 470 de vela, em Hague, na Holanda. Com dois bons resultados (uma segunda e uma 11ª posição nas duas regatas), a dupla subiu quatro colocações na classificação geral e está agora na sexta, com 27 pontos perdidos.

Nesta quarta-feira, Swan e Grael participaram das duas últimas regatas classificatórias da competição, já que a terceira e última regata, também programada para esta quarta, foi cancelada pelo mau tempo. A fase final acontecerá de quinta a domingo.

“Hoje (quarta-feira) tivemos ventos mais fortes, a primeira regata do dia foi ótima e terminamos em segundo (lugar). Na segunda regata fomos prejudicadas pela largada da dupla israelense, mas conseguimos nos recuperar”, explicou Isabel Swain.

Ainda de acordo com Swain, o novo barco utilizado pela dupla está sendo fundamental para a boa fase. “Como nós estamos com barco novo, com layout diferente do antigo, eu e a Martine mudamos um pouco a nossa maneira de velejar e manobrar. E está dando certo. Estamos bem satisfeitas com o Pegasus e com o conjunto de velas”, analisou a medalhista de bronze na Olimpíada de Pequim 2008.