Primeiro brasileiro a entrar em ação no Mundial de Atletismo de Londres, Paulo Sérgio Oliveira foi mal nesta sexta-feira e não conseguiu avançar na disputa do salto em distância. Longe de repetir seus melhores saltos, ele foi apenas o 27º colocado, com a marca de 7,53 metros.

Oliveira ficou longe da sua melhor marca pessoal, de 8,13 metros, registrado em 2014. Também não conseguiu alcançar a maior distância obtida neste ano, de 8,05m. O último classificado nas eliminatórias foi o australiano Fabrice Lapierre, com 7,91m. O melhor da prova foi o checo Radek Juška, com 8,24m.

Em Londres, o paulista da cidade de Buritama esperava repetir a melhor marca pessoal para chegar à final. Neste Mundial, Oliveira só vai competir no salto em distância, embora dispute também o salto triplo em competições nacionais e internacionais.

Neste sábado, o Brasil será representado por mais sete atletas no Mundial. Darlan Romani será o primeiro a entrar em ação, na prova de qualificação do arremesso do peso a partir das 6 horas (horário de Brasília).

Nos 800 metros, Thiago do Rosário André competirá nas eliminatórias, enquanto Lucas Carvalho vai disputar os 400m. Rosângela Santos fará a fase inicial dos 100m. No salto triplo, Tania Ferreira da Silva será a representante nacional. Vanessa Chefer e Tamara Alexandrino vão competir no heptatlo, que terá início com a prova dos 100m com barreiras.