Cinco jogos com a camisa do Atlético e três gols. É com essa credencial que Bruno Mineiro enfrentará logo mais o seu primeiro clássico na capital paranaense diante do Paraná Clube. O local será a casa do adversário, a histórica Vila Capanema. Porém isso não soa como dificuldade para o atual camisa 11 do Furacão. “Por jogar em sua casa, o adversário sabe o lugar certo para se movimentar e isso facilita para o lado deles. Mas vamos colocar em prática o que fizemos nos treinamentos. Temos que impor nosso ritmo que está muito bom. Se conseguirmos isso, vamos sair com um resultado positivo”, disse.

Bruno, que é natural de Belo Horizonte, está se sentindo muito bem no Atlético e diz que aos poucos está ganhando entrosamento o que facilitará ainda mais sua movimentação e desempenho. “Graças à Deus, aos pouquinhos vou me enquadrando dentro da equipe. Estou chegando agora. Tem 15 dias que estou aqui. Então é trabalhar forte que os gols vão saindo naturalmente”, comentou. Por se tratar de um clássico, o jogador diz que ganha ainda mais motivação. “Clássico mexe com a auto-estima. Aumenta a responsabilidade. Mas espero chegar e fazer gol sim”, complementou.

Artilharia

Apesar de não ser o artilheiro do Atlético – um gol atrás de Alan Bahia – a boa média conquistada até agora tem agradado o atacante. E para ele vale qualquer tipo de gol, já que o importante é balançar a rede adversária. “Não existe gol feio ou esquisito. Atacante tem que estar ali, movimentando e tentando toda hora. Sou assim e fiz gols onde passei. Quem não arrisca não faz gol e estou finalizando direto porque uma hora a bola entra”, explicou.

No duelo de atacantes contra o goleador paranista Marcelo Toscano, que também é mineiro, Bruno está um gol atrás na artilharia e espera reverter essa situação no clássico de logo mais. Para isso deixou um recado para o conterrâneo. “Espero que ele dê uma segurada (nos gols) e que deixe para eu fazer. Estou chegando agora. Tenho que por em prática o que venho treinando e (no duelo mineiro) que vença o Atlético”, finalizou.