Bruno Senna está fora do GP da Inglaterra. A Hispania resolveu de última hora substituir o brasileiro pelo japonês Sakon Yamamoto. A informação partiu do jornalista inglês Joe Saward, que revelou que a decisão está atrelada a questões financeiras.

A informação foi confirmada no início da noite de ontem no horário inglês por Colin Kolles, chefe da equipe. O dirigente falou aos jornalistas que detalhes da troca serão dados apenas hoje de manhã. A FIA foi notificada e soltou um comunicado em que confirma a substituição entre os pilotos da HRT.

No momento em que a notícia surgiu no paddock em Silverstone, Senna tinha acabado de dar uma volta no novo traçado do autódromo inglês e, em seguida, partiu para uma gravação sobre os 60 anos de história da F1.

A FIA já foi notificada da mudança e informou oficialmente em nota que Senna vai dar lugar a Yamamoto. Com isso, os ‘herdeiros’ dos dois sobrenomes que mais títulos deram ao Brasil passam a ter no currículo uma substituição em pleno andamento da temporada, sem motivos de saúde.

Nelsinho Piquet foi sacado da Renault após o GP da Hungria no ano passado, evidenciando ali todo o esquema da manipulação que o mundo já sabe sobre o GP de Cingapura de 2008.

Curiosamente, Yamamoto, voltará a ser titular na F1 hoje, justamente no dia em que completará 28 anos de idade. O japonês fez sete corridas pela Super Aguri em 2006 e mais sete pela Spyker em 2007.