Bruno Senna é o vencedor do Troféu Lorenzo Baldini, segundo informou a Williams hoje, como piloto promissor. O prêmio leva em conta o desempenho na temporada anterior, quando o brasileiro corria pela Lotus. O troféu é oferecido por uma associação italiana desde 1992 e será entregue a Bruno Senna no dia 15 de julho, em Brisighella (no norte da Itália).

Entre os premiados estão Fernando Alonso, Jenson Button, Lewis Hamilton, Michael Schumacher e Sebastian Vettel. Senna é o segundo brasileiro premiado. Felipe Massa, da Ferrari, foi o vencedor pela temporada 2006. No ano passado, Bruno Senna somou dois pontos e ficou com a 18ª colocação no Mundial de pilotos. Ele participou de oito provas (a partir da Hungria) e apenas em uma (Bélgica) terminou entre o top dez.

Neste ano, Bruno Senna esteve nas sete provas disputadas e em três pontuou. São 15 pontos e ele tem o 13º posto no Mundial de pilotos. Lorenzo Bandini foi piloto italiano e morreu em 1967, aos 31 anos, no GP de Mônaco, quando pilotava a Ferrari e sofreu um acidente. Ele nasceu na Líbia, quando o país era colônia italiana, e aos três anos se mudou para San Cassiano, em Brisighella.