Após abandonarem o Torneio de Doha logo na partida de estreia por causa de uma lesão de Alexander Peya, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco conquistaram a primeira vitória da temporada. Nesta quarta-feira, ele superaram o sueco Johan Brunstrom e o norte-americano Scott Lipsky por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3 em apenas 55 minutos, pelo Torneio de Auckland.

Soares e Peya foram bem superiores nos momentos de definição dos games. Eles salvaram os quatro break points que Brunstrom e Lipsky tiveram no duelo e converteram dois de quatro, sendo um em cada set da partida.

Nas quartas de final do ATP 250 neozelandês, Soares e Peya terão pela frente os espanhóis Guillermo García Lopez e Pablo Carreno Busta, que derrotaram o polonês Mariusz Fyrstenberg e o mexicano Santiago González com um duplo 6/4.

Em 2014, Soares e Peya foram vice-campeões do Torneio de Auckland, último torneio de preparação dos duplistas para o Aberto da Austrália, que começará no dia 19 de janeiro.

ABERTO DA AUSTRÁLIA – Durou apenas uma rodada a tentativa de três tenistas brasileiros de se classificarem para a chave principal do Aberto da Austrália. Nesta quarta-feira, Guilherme Clezar, André Ghem e Fabiano de Paula foram eliminados logo na estreia no qualifying.

Número 166 do mundo, Ghem perdeu para o checo Adam Pavlasek, 240º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/6 (7/4). Fabiano de Paula, número 219 do mundo, também caiu em dois sets. O brasileiro foi batido pelo alemão Tim Puetz, 183º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.

Já Guilherme Clezar, o número 231 do mundo, perdeu para o checo Jan Mertl, 213º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/1), 6/7 (2/7) e 6/0.

Com esses resultados, o Brasil terá dois representantes na chave masculina de simples do Aberto da Austrália: Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão. Já Teliana Pereira, a número 112 do mundo, estreará nesta quinta-feira no qualifying da chave feminina diante da búlgara Elitsa Kostova, 207ª colocada no ranking da WTA.