Depois de duas rodadas disputadas, Burkina Faso se tornou nesta sexta-feira a primeira seleção a conseguir uma vitória no Grupo C da Copa Africana de Nações. Ao golear a Etiópia por 4 a 0, na cidade de Nelspruit, na África do Sul, a equipe assumiu a liderança isolada da chave – mesmo porque, o outro jogo do dia, entre Zâmbia e Nigéria, terminou 1 a 1.

Na primeira rodada do Grupo C, aconteceram dois empates por 1 a 1. Agora, com os resultados desta sexta-feira, Burkina Faso lidera com quatro pontos, enquanto Zâmbia e Nigéria dividem a segunda colocação, ambos com dois pontos, e a Etiópia é a lanterna com um. Assim, a definição das duas vagas nas quartas de final ficou para os jogos de terça.

Com a vantagem que tem na liderança, Burkina Faso depende apenas de um empate com Zâmbia, na terça-feira, no mesmo Estádio Mbombela, em Nelspruit, para garantir vaga nas quartas de final. No mesmo dia e horário, Etiópia e Nigéria se enfrentam no Royal Bafokeng, em Rustenburg, também na África do Sul, no encerramento do Grupo C da competição.

Nos jogos desta sexta-feira, Mikel chegou a perder um pênalti antes da Nigéria abrir o placar com o gol de Emenike. Aí, já aos 40 minutos do segundo tempo, o goleiro Mweene bateu pênalti e garantiu o empate de Zâmbia. Enquanto isso, a goleada de Burkina Faso sobre a Etiópia foi construída com dois gols de Alain Traoré, um de Kone e outro de Pitroipa.

Neste sábado, acontece a segunda rodada do Grupo D da Copa Africana, competição que classifica o campeão para a disputa da Copa das Confederações, em junho, no Brasil. Os dois jogos do dia serão em Rustemburg: Costa do Marfim x Tunísia e Argélia x Togo.