Os pilotos passaram por um susto curioso na abertura dos treinos extras da Stock Car em Curitiba. Quatro cachorros atravessaram a pista bem diante do carro do paranaense Júlio Campos logo depois da abertura dos boxes e o obrigaram a frear forte para evitar um atropelamento em massa. “Eu vinha pela reta oposta e dei de cara com eles. Ainda bem que deu tempo de parar”, comentou Campos, que comandava um pelotão de vários carros no momento da “travessia” dos animais.

A presença de cachorros é relativamente normal no Autódromo Internacional de Curitiba-Pinhais. Além do mascote cuidado por funcionários, cães das vizinhanças aproveitam o descuido da vigilância e as aberturas nas cercas para invadir o circuito. O fotógrafo Luca Bassani, com vários anos de experiência no automobilismo, costuma aproveitar a cobertura jornalística para registrar flagrantes da vida animal. Na prova anterior em Santa Cruz do Sul, no interior gaúcho, ele flagrou um graxaim (espécie de cachorro-do-mato) cruzando a pista.