Com campanhas semelhantes, Toledo e Atlético duelam hoje, às 20h30, no estádio 14 de Dezembro, com o objetivo de buscar três pontos para se afastar das últimas colocações na classificação do Campeonato Paranaense. O revés de qualquer um dos dois times pode significar a entrada, pela primeira vez na temporada, na zona de rebaixamento do Estadual.

No caso do Rubro-Negro, uma eventual entrada na ZR apenas confirmaria as fracas atuações que o time sub-23 atleticano tem feito neste Campeonato Paranaense. Se não conseguir a vitória, e se não quiser ingressar de vez na área de risco do certame, o Atlético terá que torcer para que o Cianorte não vença o Operário, em Ponta Grossa, e para que o Rio Branco tropece no Nacional, em duelo que será disputado em Rolândia.

Para espantar a má fase, e conseguir finalmente a primeira vitória no Paranaense, o técnico Arthur Bernardes não deverá promover grandes mudanças no time que iniciou o clássico contra o Paraná, no domingo passado, quando o Atlético perdeu por 1 x 0. Mesmo com o revés, o treinador atleticano gostou da atuação da equipe contra o rival.

Assim, Arthur Bernardes deverá manter o esquema tático que adotou diante do Paraná. O sistema defensivo, que parece até aqui o mais sólido da equipe nas três primeiras rodadas do Paranaense, está confirmado. A linha de quatro jogadores será formada pelos laterais Adriano e Héracles, e pela dupla de zaga formada por Erwin e Bruno Costa.

O meio-campo, que vem atuando com três volantes, pode ter uma mudança. Se optar por um time mais ofensivo, Arthur Bernardes deverá sacar um dos jogadores de contenção para a entrada do armador Harrison. Com isso, poderá sobrar para o volante Renato, já que Renan Foguinho e Hernani tiveram boas atuações no clássico. Harrison, que foi titular somente na estreia contra o Rio Branco, é sempre a primeira opção de troca do treinador atleticano.

A criação das jogadas ficará a cargo do meio-campo Zezinho, que mesmo sendo o melhor jogador atleticano diante do Paraná, foi o primeiro a ser substituído pelo comandante do Ventania. Também no setor de criação deverá atuar o meia-atacante Pablo, porém, um pouco mais avançado. Na frente, a exemplo do que aconteceu no duelo diante do Paraná, o atacante Júnior Barros ficará mais isolado.

O resultado positivo contra o Toledo poderá fazer o Atlético saltar para a quinta colocação na classificação. Será também uma oportunidade para o jovem time atleticano ganhar mais confiança para as rodadas que faltam do 1.º turno do Estadual.