Com a desistência do Atlético em relação à contratação de Paulo Roberto Falcão para assumir o comando técnico da equipe, a bola da vez no rubro-negro é Caio Júnior.

Silas, que era o nome mais cotado, cansou de esperar uma resposta da diretoria atleticana e viajou rumo a Santa Catarina para acertar seu retorno ao Avaí.

Recentemente, o presidente Marcos Malucelli afirmou que gostaria de contratar um nome de impacto e foi atrás de Caio Júnior, ex Paraná Clube, Flamengo e Palmeiras, atualmente no Al Gharafa, do Qatar.

O treinador e o presidente chegaram a um acordo em relação ao salário, cerca de 180 mil, e Caio agora precisa apenas se desvincular do atual clube para comandar o Furacão.

O problema é que o contrato vai até junho, mas o treinador manifestará sua vontade de voltar ao Brasil. Caso não dê certo resta saber se o Atlético continuará com Leandro Niehues até o meio do ano ou se procurará, mais uma vez, outro treinador.