O técnico Caio Júnior mexeu no posicionamento do Flamengo para a partida contra o Atlético, no domingo (7), pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Na Arena da Baixada, a equipe terá um trio ofensivo formado por Marcelinho Paraíba – recuado na armação -, e pelos atacantes Vandinho e Diego Tardelli.

As mudanças aconteceram por causa das suspensões dos meio-campistas Ibson e Kleberson. Assim, Caio Júnior deslocou Marcelinho Paraíba para sua posição e origem e escalou um trio de volante mais defensivos, com Airton, Jaílton e Toró.

“O que fez diferença com o Marcelinho no meio foi uma situação que não tínhamos até então. Com o Ibson e Kleberson, era impossível ter Airton e Toró marcando e o Marcelinho no meio. Agora pude colocá-lo ali e ter dois atacantes rápidos na frente”, afirmou o técnico, que aprovou o desempenho do trio nos treinamentos.

“Gostei muito, mas tenho que ver se vai dar certo no jogo. O ataque ficou rápido e inteligente e temos tudo para fazer uma grande partida. A pressão é grande, mas acho que temos boas chances de criar possibilidades de gol”, disse.

Para chegar à Libertadores, o Flamengo precisa vencer o Atlético-PR, na Arena da Baixada, e torcer para um tropeço do Palmeiras contra o Botafogo, no Palestra Itália, ou do Cruzeiro no Mineirão, contra a Portuguesa. Em caso de empate, o clube carioca precisa torcer para derrota dos mineiros diante de um rival já rebaixado.