Foi por pouco, mas pela primeira vez uma partida do Grupo A desta edição da Copa Africana de Nações, que está sendo disputada no Gabão, não terminou empatada em 1 a 1. Depois de três igualdades por este placar, Camarões registrou a primeira vitória da chave ao passar nesta quarta-feira por Guiné-Bissau, por 2 a 1, de virada, na cidade de Libreville.

Depois de ficar no 1 a 1 com Burkina Faso na estreia, Camarões pulou para a liderança da chave com quatro pontos. Já Guiné-Bissau, que havia empatado pelo mesmo placar com o Gabão, é lanterna, com um ponto. Na outra partida do grupo nesta quarta, gaboneses e burquinenses ficaram novamente no 1 a 1.

Longe de seus melhores dias, Camarões não foi às semifinais nas últimas quatro edições da Copa Africana. Nesta quarta, começou mal e viu Guiné-Bissau abrir o placar no primeiro tempo. Aos 12 minutos, Piqueti recebeu pela esquerda, passou pela marcação e encheu o pé da marca do pênalti para marcar belo gol.

Somente após o intervalo, Camarões reagiu e passou a pressionar. Aos 15 minutos, o ataque trocou passes pela intermediária e Siani bateu firme da meia-lua para marcar belo gol. A virada saiu aos 33. Ngadeu recebeu na entrada da área e encheu o pé para selar o resultado.

Esta foi apenas a quarta partida da Copa Africana que não terminou empatada, em 10 disputadas. Na última rodada do Grupo A, domingo, Gabão vai enfrentar Camarões, e Burkina Faso terá pela frente Guiné-Bissau. A competição terá sequência nesta quinta com duas partidas: Argélia x Tunísia e Senegal x Zimbábue.