O sol escaldante e o calor de mais de 30 graus ficaram para trás. Assim como o conforto. O céu agora é cinza, o clima é frio e a luta é muito maior. Rony Mariano Bezerra, popularmente conhecido como Rony Jason, deixou o Nordeste brasileiro para ser mais um lutador do UFC a se preparar em Curitiba.

A escolha feita pelo lutador foi motivada, principalmente, pelos talentos que a capital paranaense tem a oferecer. “Eu conheço o Mestre Dida desde a minha participação no TUF. Além dele, outros três brothers, Godofredo Pepey, Serginho Moraes e Francisco Massaranduba, também estão na mesma academia”, disse o cearense, em entrevista exclusiva à Tribuna no MMA.

Jason fez questão de ressaltar que os talentos curitibanos não estão limitados apenas às artes marciais. “O povo é muito receptivo. As mulheres são muito bonitas e os homens feios, com isso, a concorrência é pouca”, brincou o campeão da primeira edição do The Ultimate Fighter Brasil.

O programa, aliás, foi um dos grandes responsáveis por Rony Jason estar na lista de brasileiros do maior evento de MMA do mundo. Por meio do reality show, o Brasil inteiro pôde conhecer o atleta, que tem o costume de utilizar a máscara do vilão Jason, aquele mesmo dos filmes de terror.

“O TUF foi um divisor de água pra mim. Antigamente, eu era vagabundo. Hoje, eu sou inspiração de vida. O programa serviu para mostrar um lado que muitas vezes as pessoas não olham. O público normalmente só vê a parte da luta, dos atletas dentro da jaula se ‘degladiando’. O TUF veio para mostrar esse lado família dos lutadores, o lado emocional, o sofrimento e tudo mais”, destacou o brasileiro.

Novo compromisso

Rony Jason entrou pela última vez no octógono do UFC no dia 31 de maio do ano passado. A derrota na decisão dividida dos árbitros foi polêmica e dolorida. Mas, a reabilitação já tem data definida. No próximo dia 30 de maio, o brasileiro enfrenta o americano Damon Jackson, pelo Fight Night Goiânia.

O rival é conhecido pelo seu forte jiu-jitsu. Em Curitiba, Jason estará em boas mãos para se preparar nessa área. “Um dos principais motivos de eu vir para a cidade foi pegar treinos com o Serginho Moraes, que tem um dos chãos mais ‘tops’ da categoria, além do Fernandinho Vieira também. É o que eu estou precisando para essa luta”, ressaltou o atleta.

Além de Rony Jason, o Fight Night Goiânia também contará com a presença do paranaense Elizeu Capoeira, da CM System. Natural de Francisco Beltrão, o lutador estreia no UFC diante do dinamarquês Nicolas Dalby.