A Federação Paranaense de Futebol (FPF) decidiu na tarde desta segunda-feira (16) que o Estadual está suspenso por tempo indeterminado.

Após conversar com a Secretaria Estadual de Saúde e ouvir os clubes, a FPF seguiu o exemplo das federações mineira, gaúcha, paulista e carioca e parou o campeonato por causa da pandemia no novo coronavírus.

Dos oito classificados às quartas de final do Paranaense, apenas o Cianorte queria a manutenção da rodada, mas com portões fechados. O mata-mata começaria a ser disputado no fim de semana.

No último domingo (15), todos os seis jogos da rodada decisiva do Estadual foram jogados sem público. Após o Atletiba, no Couto Pereira, jogadores e dirigentes de Athletico e Coritiba se posicionaram a favor da paralisação do futebol.

+ Cristian Toledo: O futebol paranaense e a síndrome de Rubens Barrichello

Minutos antes do início da rodada, a própria CBF anunciou a suspensão de todas as competições nacionais, deixando o destino dos Estaduais a cargo das federações.

Assim que a FPF fez o anúncio oficial, o Athletico notificou todos os seus funcionários e encerrou as atividades na Arena e no CT do Caju por tempo indeterminado.

Confira aqui a nota da FPF!

+ Mais do futebol paranaense:

+ Após vitória, Eduardo Barroca pede paralisação do Paranaense
+ Eduardo Barros admite culpa em goleada sofrida pelo Athletico
+ Risco de coronavírus: as impressões de um Atletiba silencioso

+ Allan Aal critica demora da CBF em definir adiamento de jogos: “Absurdo”