Ao que tudo indica, o Campeonato Paranaense do ano que vem deve ter uma nova fórmula de disputa. Depois de dois anos, o regulamento do torneio pode ser alterado novamente e, com a diminuição de 17 para 16 datas para os estaduais imposta pela CBF, a tendência é de que a competição sofra alterações para a edição de 2020. O destino do torneio será definido nesta sexta-feira (18) pela manhã, no arbitral marcado entre a Federação Paranaense de Futebol (FPF) e os clubes, em um hotel no Centro de Curitiba.

O presidente da FPF, Hélio Cury, acredita que mesmo com a diminuição de datas, é possível que a fórmula de disputa do ano passado seja mantida. Outra opção seria a volta do regulamento adotado nas edições de 2016 e 2017 do Campeonato Paranaense. “Acreditamos que podemos manter essa fórmula ou poderá ser aquela que usamos anteriormente. Tudo será resolvido no arbitral”, afirmou o mandatário, em entrevista à Tribuna do Paraná.

+ Leia mais: Pai e filho guardam os jornais da Tribuna com o Athletico na capa

Se a fórmula de disputa do ano passado for mantida, pelo menos uma mudança deve ser feita, já que há uma data a menos para ser utilizada pelos campeonatos estaduais. Assim, dois grupos de seis clubes cada seriam formados, só que, ao invés de duelos únicos na semifinal de cada turno, os títulos de cada etapa teriam que ser disputados pelos melhores de cada chave. Desta forma, seriam necessárias apenas 15 datas.

Outra opção é a fórmula de disputa adotada nas edições de 2016 e 2017. Na ocasião, os 12 clubes se enfrentaram entre si em turno único, avançando os oito melhores para a segunda fase. Mas para isso acontecer, alguns ajustes precisam ser feitos. Entre eles, nas quartas de final, os confrontos teriam que ser só de ida para conseguir atender as 16 datas disponíveis pela CBF, com as semifinais e a final tendo dois confrontos.

+ Já ouviu o podcast sobre os ‘famosos quem’ do futebol paranaense?

Durante o arbitral, os clubes também poderão sugerir novas fórmulas de disputa. Ainda segundo Cury, a partir da fórmula de disputa e de todos os detalhes definidos é que a Federação Paranaense de Futebol vai buscar patrocinadores e atrativos para a edição do ano que vem do Campeonato Paranaense.

“Primeiramente temos que resolver a fórmula do campeonato, que terá que ser enxugado para 16 datas. Esse é o principal fator para que depois a gente possa buscar atrativos para a competição e consiga negociações”, finalizou o presidente.