Detalhes, fórmula de disputa e todas as diretrizes da edição de 2019 do Campeonato Paranaense foram definidos pelos clubes e pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) em arbitral realizado na manhã desta terça-feira (23), em um hotel no centro de Curitiba. O regulamento da competição estadual do ano que vem será a mesma de 2018, com os 12 participantes divididos em dois grupos.

Foram definidos os integrantes de cada lado, com Coritiba e Paraná Clube caindo na mesma chave, os personagens do futebol paranaense que serão homenageados nos dois turnos e também as cotas de televisão para os clubes, exceto o Atlético, que mais uma vez não fechou com a RPCTV, detentora dos direitos de transmissão do torneio.

+ Leia também: Furacão já está em Salvador pra duelo decisivo na Sul-Americana

“O regulamento nos obriga a fazer o mesmo campeonato por dois anos. Então não teve muita mudança. O que pegamos foi que como temos oito equipes envolvidas em Séries A, B e D e Copa do Brasil, isso vai dar uma motivação a mais, porque os times montam um plantel para começar o Brasileiro. Vamos ter um dos melhores campeonatos dos últimos anos”, afirmou Hélio Cury, presidente da FPF.

Desta forma, o Paranaense de 2019, que começa no dia 20 de janeiro e termina em 14 de abril, será disputado em dois turnos. No primeiro, que será chamado de Taça Barcímio Sicupira Júnior, os participantes do Grupo A enfrentam os times do Grupo B. Já no segundo turno, que foi denominado de Taça Dirceu Krüger, os clubes se enfrentam dentro das suas próprias chaves.

+ Relembre: Homenageado no Estadual, Sicupira comemora 56 anos de futebol

Sicupira dará nome ao primeiro turno do Paranaense. Foto: Denis Ferreira Netto
Sicupira dará nome ao primeiro turno do Paranaense. Foto: Denis Ferreira Netto

“Eu indiquei eles há dois meses e foram dois excepcionais jogadores, que têm uma história no futebol paranaense e foram aprovados por unanimidade”, acrescentou Cury.

Ao final de cada turno, avançam à semifinal os dois melhores de cada grupo. Tanto a semifinal quanto a decisão serão disputadas em partidas únicas. Se o mesmo time vencer os dois turnos, será o campeão paranaense. Caso contrário, os campeões das taças farão a grande decisão.

A tabela com os jogos de cada rodada só será divulgada no dia 10 de novembro.

Dirceu Krüger foi homenageado com o segundo turno do Estadual. Foto: Arquivo
Dirceu Krüger foi homenageado com o segundo turno do Estadual. Foto: Arquivo

Grupos definidos

Os grupos já foram definidos pela FPF de acordo com a classificação do último Estadual. No A estão Atlético, Foz do Iguaçu, Maringá, Londrina, Toledo e Operário. Fazem parte do B Coritiba, Paraná Clube, Cianorte, Cascavel, Rio Branco e Cascavel CR.

Grana

Dentre os diversos assuntos discutidos, esteve em pauta a distribuição das cotas de televisão. Coxa e Tricolor vão lucrar R$ 600 mil, Londrina R$ 500 mil e os demais clubes R$ 375 mil. A FPF ficará com R$ 300 mil. O Operário, que vai disputar a Série B do ano que vem, deve brigar para ter pelo menos a mesma cota do Tubarão. Já o Furacão mais uma vez não aceitou fechar com a emissora detentora dos direitos de transmissão e não terá suas partidas transmitidas durante o Estadual.

No entanto, para 2020, Alviverde e Paraná Clube aceitam dividir as cotas de televisão de forma igualitária entre todas as equipes.

+ Mais na Tribuna: Coxa promete deixar a alma em campo pelo acesso

Do Trio de Ferro da capital, estiveram presentes o presidente Samir Namur, do Alviverde, o presidente paranista Leonardo Oliveira e o advogado Gustavo Rocha, do Rubro-Negro, que, inclusive, deve utilizar seu time de aspirantes mais uma vez.

Presidente da FPF, Hélio Cury acredita que Estadual de 2019 será um dos melhores em termos de nível técnico. Foto: André Rodrigues
Presidente da FPF, Hélio Cury acredita que Estadual de 2019 será um dos melhores em termos de nível técnico. Foto: André Rodrigues

+ Tá difícil: Tricolor encara a dura realidade no Brasileirão

A reunião do arbitral durou aproximadamente três horas e foram discutidos outras temas, como capacidade dos estádios, preço dos ingressos, que terá que ser de no mínimo R$ 20, e outras diretrizes da competição.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!