Rio – Depois da boa vitória sobre o Fluminense, por 4 a 3, no clássico da rodada no campeonato carioca, o Flamengo começa a pensar na estréia na Copa do Brasil, amanhã, contra o CRB-AL. Para esta partida, o técnico Abel Braga não vai poder contar com o lateral-direito Rafael, com uma contratura muscular. O treinador ainda não escolheu o substituto.

“Senti um pouco de dor durante o segundo tempo, mas o time passava por um grande momento e preferi permanecer em campo”, disse Rafael, autor do cruzamento que resultou no gol de empate (3 a 3). O jogador considerou os gritos de olé da torcida do Fluminense como um dos principais fatores que motivaram o Flamengo a reagir na partida.

Fluminense

O discurso dos jogadores do Fluminense, no dia seguinte à derrota para o Flamengo, por 4 a 3, era o mesmo. Segundo eles, não faltou disposição. O que teria acontecido foram falhas na marcação e muita liberdade para o meia Felipe organizar as jogadas de ataque do rubro-negro. Além disso, os atletas alegaram que a saída de Romário, quando o tricolor vencia por 3 a 1, abalou o time.

“O time relaxou com a diferença de dois gols. E é claro que o Romário fez falta. Ele tem liderança e passa confiança aos demais jogadores”, disse o atacante Alessandro. Ontem, o técnico Valdyr Espinosa reuniu o grupo por cerca de 40 minutos para uma conversa. Na pauta, o treinador cobrou mais concentração durante os próximos jogos.

Vasco

O zagueiro Nem, que chegou a ser anunciado como novo reforço do Vasco para a temporada 2004, não virá mais para o clube. Apesar de ter acertado seu salário com a equipe carioca, os dirigentes do Sporting Lisboa não aceitaram liberar o jogador, que tem contrato com o time português até maio.

“Infelizmente, as coisas aqui em Portugal são iguais no Brasil. Você faz um acordo e depois ele não é cumprido”, afirmou Nem, referindo-se ao acordo verbal com a diretoria do Sporting de que, caso surgisse uma proposta do exterior, o atleta teria de ser liberado.

Nem disse ter ficado muito feliz com o interesse do Vasco e que, se houver novo contato em maio, não terá problemas para se transferir. Com relação ao atacante Alex Alves, ele era esperado ontem em São Januário, mas não apareceu. O jogador aguarda uma proposta do futebol europeu e nem sequer respondeu se aceita a proposta do Vasco.

Botafogo

A diretoria do Botafogo ainda não desistiu de reforçar o elenco para a temporada 2004. O alvinegro busca um meia, já que o técnico Levir Culpi alegou que a equipe tem uma carência na posição. O presidente Bebeto de Freitas, no entanto, desmentiu que dois jogadores argentinos tenham sido oferecidos ao clube.

“É claro que gostaríamos de reforçar o Botafogo. Mas o que está saindo na mídia é especulação”, disse Bebeto. O mais provável é que o clube só invista em novos contratados para a disputa do brasileiro.