Foto: Allan Costa Pinto

Meia está pronto pra ajudar o Coxa no duelo contra o líder do Brasileirão, domingo no Couto Pereira.

O Coritiba não conseguiu o efeito suspensivo tão desejado para colocar Carlinhos Paraíba em campo, mas conseguiu algo bem melhor.

Por decisão do presidente do STJD, Rubens Aprobatto Machado, o recurso pedido pelo Alviverde foi julgado ontem à tarde mesmo no Rio de Janeiro e a lógica e o bom senso prevaleceram.

O jogador acabou tendo a pena reduzida e está apto a enfrentar o Cruzeiro. Assim, ele deverá ser a novidade do Coxa para pegar a Raposa às 16h de domingo no Couto Pereira. ?Acho que estou pronto, esta semana trabalhei forte e agora tenho que esperar a oportunidade para poder jogar?, vibrou o meia.

E sem mais expulsões, não é Paraíba? ?Infelizmente fui expulso contra o Palmeiras, mas tenho que manter a tranqüilidade, não cometer mais esses erros para não prejudicar a nossa equipe?, prometeu. E ele vai ter que sossegar mesmo e não tomar mais cartões vermelhos. Tudo porque mesmo que o tapetão tenha diminuído de três para dois jogos de suspensão, ele não é mais primário e na reincidência pegará um gancho bem maior do que esse. No entanto, ontem, foi 5 a 0 a votação que reduziu a pena. Uma vitória para as defesas do Coxa e do próprio Palmeiras, que defendeu Diego Souza.

Com isso, Paraíba está à disposição de Dorival Júnior, mas o treinador não quer adiantar a escalação. ?É uma possibilidade que está em aberto, estamos treinando duas situações e algumas outras estão sendo observadas, e como o próprio Cruzeiro não tem uma definição de equipe, nós também ainda não temos a definição. Vamos aguardar um pouco e tentar condicionar o máximo possível todos os jogadores?, desconversou. Mas a tendência é que o meia entre no lugar de Henrique Dias e faça com que Michael seja adiantado para o ataque. Marcos Tamandaré e Guaru também foram testados e podem entrar nas vagas de Alê e Ricardinho.