Carneiro conta “causos”.

O jornalista Carneiro Neto acaba de lançar o livro “Efabulativos do Futebol”, que reúne alguns “causos” famosos, especialmente relacionados ao futebol paranaense. Com o propósito claro de provocar boas risadas, a publicação traz histórias envolvendo jogadores – que, aliás, rendem o maior capítulo, dirigentes e cronistas esportivos.

Tem “fábulas” como aquela, em que Passarinho, ponteiro que brilhou no Coritiba, protagonizou. Ele estava numa tarde parado na porta da sede do Alto da Glória e viu passar uma senhora, não lá muito dotada de atrativos físicos, indo em direção à Igreja. Era feia mesmo. Ao lado de Passarinho, estava um dirigente do clube, ao qual o jogador se dirigiu. “Puxa, que mulher horrorosa. Com ela eu não saía nem que ela me pagasse”. Ao que o dirigente respondeu. “Aquela, seu atrevido, é a minha mulher.” E a emenda saiu pior que o soneto. “Minto. Topava sim. E até pagava.”

O livro , que já está à venda nas bancas e custa R$ 22,00, é a quarta publicação de Carneiro Neto. Ele já tem editados os livros “Jogo Limpo”, o “O vôo certo – A História do Paraná Clube” e “Atletiba, a Paixão das Multidões”. Esse último foi escrito em parceria com o colunista Vinícius Coelho, da Tribuna do Paraná. Com Vinícius, Carneiro Neto também finalizou o livro “O Campeoníssimo”, uma biografia de Evangelino da Costa Neves”, que será lançado no mês que vem.