As recentes contusões de jogadores importantes, e a chegada em cima da hora de vários reforços, não deixaram que o técnico Paulo César Carpegiani colocasse em campo o time que considera o ideal. Mesmo assim, o treinador aprovou o jogo-treino.

“Gostei pela dificuldade que tivemos. O Paraná tem uma equipe muito certa, que marca forte, que está há mais tempo formada. Tivemos dificuldades normais, já que estamos encontrando problemas na formação da equipe. Para o futuro, ainda temos seis jogadores para entrar na equipe”, afirmou.

Carpegiani demonstrou certa preocupação para o jogo de estreia contra o Cruzeiro. “Temos que resolver problemas de imediato. Tivemos dificuldades em termos de finalização, complementação e profundidade. Infelizmente, teremos que esperar um pouco pelas opções que poderiam solucionar esses problemas. Mas vamos transpor isso frente ao Cruzeiro, equipe que trocou o treinador e deve ter as mesmas dificuldades que nós”, disse.

Perguntado se repetirá contra a Raposa a equipe que iniciou o jogo com o Paraná, Carpegiani desconversou. “Vamos aguardar e encontrar soluções para a equipe”. O treinador ressaltou ainda que a chegada dos reforços fortalecerá o Atlético.

“Acho que contratamos certo para as posições corretas. Mas é o tempo que vai dizer. Agora não podemos contar com eles. As contratações vieram meio em cima e tem janela (período de transferência) e cartões. Repito que temos alguma dificuldade na formatação da equipe neste momento. Para o futuro estou mais tranquilo”, finalizou.