Depois de sofrer a primeira derrota no comando do São Paulo, Paulo César Carpegiani buscará a reabilitação diante de um antigo conhecido. Na quinta-feira, o treinador vai enfrentar o Atlético Paranaense, na Arena Barueri. O treinador deixou o time curitibano para assumir a equipe do Morumbi, mas minimizou o reencontro.

O confronto, porém, é decisivo já que o Atlético-PR é um dos adversários do São Paulo na luta por uma vaga na próxima Libertadores. O time paranaense soma 47 pontos, contra 44 da equipe do Morumbi. “Hoje o Atlético tem outro treinador e será uma partida muito difícil. Temos de vencer e conquistar os três pontos. Se a situação era incômoda, agora é mais ainda”, afirmou.

O São Paulo ocupa a nona colocação no Campeonato Brasileiro, a quatro pontos do G4 e a nove do G3. Por isso, Carpegiani avisou que seguirá escalando uma equipe ofensiva, já que só uma sequência de vitórias permitirá que a equipe mantenha o sonho de se classificar para a próxima Libertadores. “Isso faz com que a gente jogue mais ofensivo para buscar os resultados e reverter a situação que já era difícil. Mas não jogamos a toalha. O futebol reserva surpresa e espero montar um bom time e vencer na quinta-feira”, disse.