A partir de hoje, o técnico Paulo César Carpegiani tem uma missão: definir quem passará a desempenha a função de volante de contenção no “novo Atlético”. Afinal, o ex-titular Valencia foi negociado com o Fluminense e o reserva Alan Bahia também está acertado para jogar no Catar. Assim, há vagas no meio-campo e a escolha também vai depender do esquema tático que o técnico irá adotar.

Dos seis volantes do elenco atual, apenas Chico parece estar garantido no setor. O jogador tem sido um dos destaques recentes do time e participou dos quatro jogos comandados por Carpegiani desde a chegada do treinador (Botafogo, Vitória, São Caetano e Corinthians).

Polivalente, ele pode se transformar no primeiro volante da equipe, porém prefere jogar como segundo, já que tem facilidade para sair jogando. Assim as demais alternativas para a posição de cão de guarda da zaga recaem sobre o recém-contratado Olberdam, no experiente Claiton, e os jovens Fransergio, Renan e Deivid.

Olberdam veio do futebol português onde atuou nos últimos cinco anos e essa experiência internacional deve pesar a seu favor. O problema é que devido à janela de transferência internacional, o volante só poderá atuar a partir de 26 de julho.

O jovem Fransergio é outra opção. Ele ganhou moral com o treinador devido às boas atuações nos dois últimos jogos do Brasileirão, porém atuando como zagueiro.

Claiton está muito tempo parado em virtude das operações no tendão de Aquiles e ao longo período de recuperação. Está em fase de adaptação e disputou sua primeira partida, em quase um ano, no último domingo. Também tem características de segundo volante.

Deivid foi testado nas partidas do torneio disputado em Londrina e Renan anda meio desprestigiado. Ainda há Mayaro, jogador que está realizando testes no Atlético.

A princípio, a escolha de Carpegiani para suprir a ausência de Valencia era Joílson. Porém, a contratação do atleta não aconteceu, pois foi detectada uma lesão no tornozelo do jogador durante a realização de exames médicos no CT do Caju. Descartado, o jogador retornou ao Grêmio.