Depois de quase cinco meses sem atuar, Casillas finalmente sentiu o gostinho de participar de uma partida na vitória da Espanha sobre o Uruguai por 2 a 1, domingo à noite, na Arena Pernambuco, na estreia da sua equipe na Copa das Confederações. O jogador revelou ter sentido uma ansiedade especial antes da volta.

Ele também afirmou que não esperava começar como titular a competição depois de ficar tanto tempo afastado no Real Madrid – primeiro por uma lesão na mão, depois por pura implicância de José Mourinho.

“É uma surpresa (ser titular). Meu caso é diferente depois de ficar cinco meses sem jogar uma partida oficial. São cinco meses sem competir e isso conta. Ainda que já tenha feito 145 jogos com a seleção, tive a sensação que debutava, a mesma sensação de 13 anos atrás. Estou feliz por revivê-la, contente pela vitórias, pelos meus companheiros e pela seleção. Queremos continuar ganhando”, disse Casillas.

O goleiro, ainda na zona mista da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, região metropolitana de Recife (PE), mostrava-se alegre com o momento. “Estou contente pela vitória pela equipe. Agradecido pela confiança do Del Bosque e dos meus companheiros, que são com quem estou há tanto tempo dando alegrias ao país. Isso é muito bonito”, afirmou ele.