O goleiro Cássio reconheceu as falhas no empate do Corinthians por 2 a 2 contra a Ferroviária, no domingo, pelo Campeonato Paulista. A mais grave foi a que originou o segundo gol do time de Araraquara (SP). Após um chute de fora da área de Juninho, o arqueiro foi mal para a bola. “Tomei um gol defensável. Acontece. O time todo está evoluindo, crescendo e isso acontece comigo também, mas não vai mais acontecer”, disse depois da igualdade por 2 a 2.

Cássio também reconheceu falhas menores, principalmente em bolas alçadas na área. “Estava inteiro nos lances, mas não tive a ação correta em algumas saídas de bola”, disse o goleiro.

Sofrendo com problemas musculares ao longo do segundo tempo, o goleiro negou que esse problema tenha influenciado no lance do gol. “Eu poderia dar essa desculpa, mas não foi o que aconteceu. Eu não senti nada no lance. Foi um sacrifício. É sempre difícil jogar contra a Ferroviária em Araraquara. O mais importante foi continuar pontuando”.

Embora tenha perdido os 100% de aproveitamento no Paulistão, o Corinthians tem agora seis jogos oficiais sem perder. Pelo Estadual, são quatro vitórias (XV de Piracicaba, Audax, Capivariano e São Paulo) e um empate (Ferroviária). Com isso, é o líder do Grupo D com 13 pontos. Além disso, soma uma vitória pela fase de grupos da Copa Libertadores contra o Cobresal, no Chile. O próximo jogo será diante do São Bento, em Sorocaba (SP), nesta quarta-feira.