O goleiro Cássio voltou diretamente de Salvador para São Paulo, para participar do treino do Corinthians nesta quarta-feira. O jogador estava com a seleção brasileira na vitória sobre o Peru por 3 a 0, mas foi reserva. Já o zagueiro Gil, o volante Elias e o meia Renato Augusto, que atuaram 90 minutos, não vieram para a capital paulista e foram diretamente para o Rio, onde a equipe enfrenta o Vasco nesta quinta-feira.

A princípio Tite não deve utilizar o trio de titulares da seleção por causa do desgaste físico. É provável que eles entrem apenas no decorrer da partida. Se poupar os jogadores, o treinador deve colocar no campo o zagueiro Edu Dracena, o volante Bruno Henrique e o meia Rodriguinho, que treinaram no time titular.

Já os laterais Fagner e Uendel, que estão voltando de contusão, devem ficar como opção no banco de reservas, pois ainda não estão no melhor de suas condições físicas. Assim, Edílson e Guilherme Arana devem ser mantidos nas laterais do time para o duelo decisivo contra o Vasco.

Com 11 pontos de vantagem sobre o Atlético-MG na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Corinthians precisa apenas de um resultado positivo diante do Vasco para levantar a taça com antecedência. Se não vencer, precisa torcer por um tropeço do time mineiro diante do São Paulo, no Morumbi, para ficar com o troféu. A conquista antecipada só não vem se o Atlético-MG conquistar os três pontos na rodada.