Terminou domingo em Curitiba a etapa final do Grand Slam TIM de Tênis. O títuo foi para o joinvillense Ricardo Schlachter, que disputou contra outros quatro vencedores das etapas anteriores (Maringá, Joinville, Florianópolis e Curitiba). Além de troféu e premiação em dinheiro, o vencedor ganhou o direito de participar de um jogo-exibição, no final da manhã, com o tenista Fernando Meligeni, que esteve acompanhando o torneio durante o fim de semana, no Graciosa Country Club.

Ricardo Schlachter venceu os dois jogos que disputou na final em apenas dois sets. Ele disputou contra o tenista maringaense Iverson Oliveira Barros (7/6 e 6/4) e contra Rafael Kompatscher (6/4 e 6/4). O quarto finalista foi Renal Delsin que desistiu no final de seu segundo jogo e na última partida não compareceu.

O segundo colocado do Grand Slam TIM ficou para Iverson Barros, que conquistou a posição numa disputadíssima partida contra Rafael Kompatscher (6/7, 6/3 e 6/7). “O nível dos adversários estava bastante forte. Fiquei contente em ter conquistado o segundo lugar”, afirmou Iverson, após uma partida. Ele pretende agora disputar o Challenger de São Paulo, no dia 30 deste mês, e depois entrar em férias. No próximo ano ele volta a treinar em Maringá para se preparar para temporada fora do País.

O vencedor do Grand Slam TIM de Tênis também disputará o Challenger de São Paulo, torneio que contará com a participação de Meligeni. Ricardo Schlachter está hoje entre os 15 primeiros tenistas brasileiros e no ranking internacional da ATP está em 495.º. Quanto ao Grand Slam TIM ele disse ter ficado satisfeito com seu desempenho.

O público não só aproveitou os jogos como se divertiu com a descontração e bom humor de Fininho. Ele jogou com os tenistas amadores e convidados, entrou em quadra com um grupo de tenistas e participou do sorteio da TIM, que deu um telefone celular Motorola V120 para quem conseguisse sacar e acertar um alvo na quadra oposta. Depois de dezenas de tentativas do público, quem levou o presente foi a tenista profissional Graziela Ziliotto, sobrinha da tenista Gisele Miro. Graziela, Teliana Pereira, Carolina Olmo e Larissa Deschamps disputaram a final do profissional feminino.