Rio de Janeiro – O presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Gerasime Grego Bozikis, anunciou na sexta-feira os dois ginásios que irão sediar os jogos do 15.º Campeonato Mundial Adulto Feminino de Basquete, em São Paulo: Ibirapuera e Barueri. O ginásio do Ibirapuera, um dos mais tradicionais do mundo, já foi palco de dois mundiais adultos femininos em 1971 e 1983, quando o Brasil ficou com a medalha de bronze e em quinto lugar, respectivamente. Já o ginásio de Barueri é um dos mais modernos do País e abrigará pela primeira vez um mundial de basquete.

Quatorze países já estão classificados para o Mundial 2006, que será realizado de 12 a 23 de setembro de 2006: Brasil (país sede); Estados Unidos (campeão olímpico); República Checa, Rússia, Espanha, Lituânia e França (Europa); China, Coréia e Taipé (Ásia); Austrália (Oceania); e Argentina, Canadá e Cuba (Américas). As duas últimas vagas serão disputadas pela África, de 21 a 28 de dezembro, em Abuja, na Nigéria. O campeão mundial de 2006 estará automaticamente classificado para os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Este será o oitavo campeonato mundial a ser realizado no país, uma vez que o Brasil já recebeu cinco competições adultas e duas juvenis. Das 14 edições anteriores do mundial adulto feminino, as americanas foram campeãs sete vezes, a ex-União Soviética conquistou seis títulos e a seleção brasileira foi campeã em 1994, na Austrália.