Rio – Com a troca de Carlos Alberto Parreira por Dunga, Zagallo também está fora da seleção brasileira. Em reunião ontem com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, ele acertou sua saída da entidade. Mas ficou com a promessa de ser chamado para participar do comitê de organização da Copa de 2014, se ela for mesmo realizada no Brasil.

Zagallo exerceu o papel de coordenador técnico da seleção brasileira durante o período em que Parreira esteve no comando. Mas agora, depois da eliminação do Brasil nas quartas-de-final da Copa da Alemanha e da reestruturação da comissão técnica, ele ficou sem espaço no grupo.

Mesmo com a saída de Parreira, Zagallo já tinha manifestado interesse em continuar no cargo. Mas Ricardo Teixeira está convencido a mudar a estrutura da seleção.

?É impossível desassociar o Zagallo da seleção brasileira. Houve apenas uma interrupção no seu vínculo atual, mas que poderá prosseguir de outra maneira?, explicou Teixeira. ?A trajetória profissional de Zagallo se confunde e está profundamente marcada com a história da seleção brasileira. Ele deixa o cargo que ocupa na comissão técnica, mas tem experiência e condições de prestar mais serviços ao futebol no Brasil.?