A Confederação Brasileira de Vôlei confirmou nesta terça-feira que o líbero Serginho, da seleção masculina, passará na próxima quinta-feira por uma cirurgia na coluna para retirar uma hérnia de disco.

A previsão para recuperação da lesão é de três meses. Assim, é remota a possibilidade dele participar do Mundial da modalidade, que será disputado entre os dias 24 de setembro a 10 de outubro, na Itália.

O atleta lamentou a lesão. “Estou bastante chateado com toda essa situação. Mas estou confiante de que essa cirurgia irá resolver o meu problema. Essas dores já me incomodam há bastante tempo. O meu objetivo é ficar bom”, disse Serginho, que está sendo substituído por Mário Jr. na Liga Mundial.

Pela competição, no próximo fim de semana, o Brasil enfrentará a Coreia do Sul, em Gwangju. A seleção chegou na cidade asiática nesta terça-feira e teve uma surpresa desagradável. Sete bagagens da delegação foram extraviadas. A previsão é que elas sejam devolvidas na quarta-feira.

O atual vice-campeão olímpico lidera o Grupo A da Liga Mundial, que é formado pela Bulgária, Holanda e Coreia do Sul. Os primeiros lugares de cada chave e o melhor segundo colocado disputarão a fase final em Córdoba, na Argentina, entre 21 a 25 de julho.