Soberano em seu estádio, o Ceará derrotou o Santos por 2 a 1, neste domingo, no Castelão, em Fortaleza, e reagiu na tabela do Campeonato Brasileiro. O time da casa subiu para a décima colocação, com 28 pontos, e atrapalhou a trajetória crescente do Santos, que ainda sonha com o título.

O Santos, que contou com o primeiro gol de Keirrison, estacionou nos 31 pontos, e caiu para o sexto lugar, mais distante dos líderes do campeonato. O Fluminense lidera com 41, seguido do Corinthians, com 38.

A partida deste domingo foi marcada por uma confusão após o apito final. Neymar se desentendeu com João Marcos, do Ceará. O tumulto cresceu quando Marquinhos acusou um dos policiais de agressão e mostrou uma marca nas costas. Ele teria sido acertado pelo cacetete de um dos membros da Polícia que deixou o local rapidamente no meio da confusão.

O JOGO – Embora bastante veloz, a partida contou com poucos lances incisivos nos primeiros minutos. Nenhuma das equipes conseguiu se impor, ou ao menos ameaçar seriamente o gol do adversário, apesar da movimentação.

Com o passar do tempo, os times começaram a acertar mais as jogadas e os gols foram consequência. Aos 29, Kempes aproveitou rebote da defesa santista e descolou bom cruzamento da direita para Magno Alves, que, livre na área, completou para as redes.

Mas não deu nem tempo para comemorar. Dois minutos depois, Neymar fez bela enfiada para Keirrison, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro Michel Alves: 1 a 1. Foi o primeiro gol do atacante em seis jogos pelo Santos.

No segundo tempo, o jogo continuou bastante movimentado e equilibrado, com as duas equipes apostando na velocidade dos seus jogadores. Atuando bem, principalmente por que alargava o jogo para as laterais, o Ceará conseguiu chegar ao segundo gol graças a uma boa jogada do veterano Magno Alves, que ganhou o lance pela esquerda e cruzou na medida para Geraldo cabecear firme, livre na área, aos 24.

O gol serviu para dar tranquilidade ao Ceará, que finalmente conseguiu se impor, até deixando espaço para os contra-ataques do Santos. Mas os visitantes tinham pouca criatividade no meio-campo e não conseguiram ameaçar o adversário quando tinham a posse da bola.

nomeNa próxima rodada, o Santos receberá o Atlético-GO, na Vila Belmiro, na quarta-feira, às 19h30. Pouco depois, às 22 horas, o Ceará vai visitar o Vitória, no Barradão, em Salvador.

Ficha Técnica:

Ceará 2 x 1 Santos

Ceará – Michel Alves; Fabrício, Anderson e Heleno (Camilo); Oziel, Michel, Geraldo, João Marcos e Ernandes; Kempes (Misael) e Magno Alves (Tony). Técnico: Dimas Filgueiras.

Santos – Rafael; Pará (Maranhão), Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Roberto Brum, Arouca, Zezinho (Marcel)e Marquinhos; Neymar e Keirrison (Madson). Técnico: Dorival Júnior.

Gols – Magno Alves, aos 30, e Keirrison, aos 31 minutos do primeiro tempo. Geraldo, aos 24 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Heleno, Kempes (Ceará); Durval e Roberto Brum (Santos).

Árbitro – Héber Roberto Lopes (PR).

Renda e público – Não divulgados.

Local – Estádio Castelão, em Fortaleza (CE).