Depois de ter surpreendido na quarta-feira com a conquista da medalha de ouro nos 50 metros borboleta, o nadador brasileiro Cesar Cielo sofreu nesta quinta para confirmar a sua classificação nos 100 metros livre. Apesar do sufoco nas eliminatórias do Pan-Pacífico, ele conseguiu ficar com a última vaga na final da prova, que acontecerá a partir das 22 horas (horário de Brasília), em Irvine, nos Estados Unidos.

Durante as eliminatórias dos 100 metros livre, prova em que é campeão mundial, medalhista olímpico (bronze) e recordista mundial, Cesar Cielo fez apenas o 11º tempo (49s13). Apesar disso, ele ficou com a vaga entre os oito finalistas por causa da regra do Pan-Pacífico que permite apenas dois nadadores de cada país na disputa por medalhas. Assim, o brasileiro vai buscar a recuperação ainda nesta quinta-feira.

A disputa dos 100 metros livre é uma das prioridades de Cesar Cielo durante o Pan-Pacífico – a outra é os 50 metros livre, na qual ele é campeão olímpico e mundial, além de recordista mundial, que acontecerá apenas no sábado. Nos 50 metros borboleta, por outro lado, o astro da natação brasileira queria somente “quebrar o gelo” da estreia antes das suas principais provas, mas acabou saindo com a medalha de ouro.

O melhor tempo nas eliminatórias dos 100 metros livre foi do norte-americano Nathan Adrian, que cravou 48s41. Enquanto isso, outros seis nadadores brasileiros que participaram da disputa nesta quinta-feira não conseguiram se classificar para a final da prova: Nicolas Oliveira (49s20), Henrique Rodrigues (49s70), Bruno Fratus (50s16), Nicholas Santos (50s46), Rodrigo Castro (50s68) e Fernando Silva (51s00).

Nos 400 metros medley, o brasileiro Thiago Pereira ficou em terceiro lugar nas eliminatórias, com 4min15s35, e se classificou para a final desta quinta-feira. Já o supercampeão Michael Phelps conseguiu o quarto melhor tempo (4min15s38), mas não irá disputar a medalha nessa prova, porque dois outros nadadores dos Estados Unidos foram melhores do que ele e levaram as vagas disponíveis: Ryan Lochte e Tyler Clary.

Nos 100 metros peito, o Brasil conseguiu classificar dois para a final: Tales Cerdeira (1min00s47) e Felipe Lima (1min00s88). E nos 50 metros costas, Fabíola Molina também garantiu sua vaga com 28s30, assim como Guilherme Guido, que marcou 25s40 nas eliminatórias. Todos eles disputam as finais na noite desta quinta-feira.