Mesmo jogando em Santiago, os tenistas da República Checa não tomaram conhecimento dos chilenos no confronto válido pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis. Neste sábado, Jan Hajek e Lucas Dlouhy venceram Nicolás Massu e Jorge Aguilar por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 6/3, 3/6 e 6/3, e fecharam em 3 a 0 a série melhor de cinco partidas do embate entre os dois países.

E os checos superaram os chilenos fora de casa mesmo sem contar com os seus dois principais tenistas: Tomas Berdych e Radek Stepanek, lesionados. O Chile, porém, não teve a seu favor Fernando González, seu jogador número 1.

Na última sexta-feira, Ivo Minar e Jan Hajek abriram 2 a 0 para os checos ao superarem Massu e Paul Capdeville, respectivamente, nos duelos de simples.

Com o triunfo sobre os chilenos, a República Checa enfrentará na semifinal o vencedor do confronto entre croatas e sérvios, que será encerrado neste domingo. A Sérvia lidera a série melhor de cinco por 2 a 1, após a vitória no jogo de duplas obtida neste sábado, em Split, na Croácia.