O técnico Carlo Ancelotti, do Chelsea, admitiu que pode liberar por um período o capitão John Terry, caso ele necessite de um tempo para resolver questões relativas à sua vida pessoal.

Terry, que é casado e tem dois filhos, tem sofrido intensa pressão nos últimos dias, depois que uma reportagem revelou que ele teria tido um caso extraconjugal com Vanessa Perroncel, ex-namorada de Wayne Bridge, que foi seu companheiro de equipe no Chelsea.

Ancelotti disse que se Terry “precisar de férias eu vou lhe dar umas férias. Se ele não precisar de férias, então ele vai jogar contra o Cardiff”.

No dia 13 de fevereiro, o Chelsea vai enfrentar o Cardiff em partida válida pela Copa da Inglaterra. Líder do Campeonato Inglês, o time londrino enfrenta o Arsenal, terceiro colocado, em um duelo decisivo no domingo. Na quarta-feira seguinte, a equipe vai enfrentar o Everton fora de casa.