O lateral esquerdo Fábio Santos, do Corinthians, foi o primeiro jogador do Corinthians a falar sobre o Chelsea, adversário de domingo na decisão do Mundial de Clubes. Elogiou o time inglês, mas disse que está “longe de assustar”.

“Assustar, não. Sabemos da qualidade da equipe deles, mas longe de assustar. Óbvio que procuramos respeitar, uma final de Mundial é diferente, mas acredito que na final tudo possa ser diferente”, disse.

“É uma equipe forte fisicamente, tem jogadores rápidos, vamos trabalhar até o final. O Chelsea foi superior e mereceu a classificação. Vamos ver o que o Tite passa taticamente, estamos focados e vamos competir, batalhar e guerrear. Vai ser difícil”, disse.

Horas após deixar Nagoya, Fábio e a maior parte dos jogadores foi ao estádio de Yokohama acompanhar de perto a outra semifinal do torneio.