O zagueiro Chicão foi julgado nesta sexta-feira (5) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão na partida contra o Avaí, na penúltima rodada da Série B, e suspenso por três partidas. Ele já cumpriu um jogo de gancho e o restante ficará para a próxima temporada.

Chicão foi expulso aos 45 minutos do segundo tempo por Péricles Bassols depois de derrubar o atacante Abuda com um “carrinho”. Por isso, foi denunciado no artigo 254 (praticar jogada violenta) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, com pena de dois a seis jogos de suspensão.

Na mesma partida, um torcedor do Corinthians invadiu o gramado do Estádio do Pacaembu. O clube foi julgado pelo STJD e corria risco de perder alguns mandos de campo, mas terminou sendo absolvido pelo Tribunal.