Sem poder entrar em quadra neste domingo, por causa da chuva, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic vão decidir o título do US Open nesta segunda-feira, às 17 horas (horário de Brasília). A mudança foi confirmada pela organização do torneio no início da noite deste domingo.

Inicialmente, o jogo estava marcado para às 17h30. Diante do mau tempo em Nova York, os organizadores do US Open chegaram a adiar a partida, na esperança de encerrar a competição ainda neste domingo. Contudo, a situação não melhorou e a USTA (Associação de Tênis dos Estados Unidos), responsável pelo evento, decidiu transferir o duelo para a segunda.

A decisão beneficiou Novak Djokovic, que ganhará um dia de descanso antes de enfrentar o número 1 do mundo. O sérvio fez a segunda semifinal no sábado e ficou mais tempo em quadra. Precisou de quase quatro horas e cinco sets para vencer o suíço Roger Federer, em uma partida muito disputada. Nadal venceu o russo Mikhail Youzhny com rapidez no primeiro jogo do dia.

A final masculina será precedida da decisão de duplas feminina, que chegou a ter início neste domingo. A americana Liezel Huber e a russa Nadia Petrova venciam a americana Vania King e Yaroslavl Shvedova, do Casaquistão, por 6/2, 4/6 e 5/4, quando a chuva interrompeu a partida, disputada no Arthur Ashe Stadium, a quadra principal do complexo localizado em Flushing Meadows.

Com o anúncio da USTA, a chave masculina do US Open será decidida na segunda-feira pela terceira vez consecutiva. No ano passado, o argentino Juan Martin Del Potro venceu Roger Federer na final. Em 2008, o suíço superara o escocês Andy Murray no jogo decisivo.